EX-PADRE CONFESSA DESVIO DE 52 MILHÕES DO PRÓ-SAÚDE

Autor: Fabio E. Monteiro / BRNEWSTV - A sua TV na Interne 28/02/2019

O ex-padre Wagner Augusto Portugal ligado a Dom Orani Tempesta, da Igreja Católica Fluminense confessa o desvio de 52 milhões de contratos da Secretaria da Saúde por meio do Pró-Saúde, que administrava hospitais públicos e ligado a Igreja Católica. 

A confissão veio logo após o depoimento do ex-governador Sérgio Cabral que confessou os crimes e apontou Dom Orani Tempesta como um dos beneficiados com o esquema de corrupção na Saúde do Rio de Janeiro.